blog desatualizado por tempo indeterminado; editora sem tempo para postar.

sábado, 10 de novembro de 2012

O sucesso de Detona Ralph

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fonte: Animatoons BR

Mais do que um êxito, Detona Ralph parece ser um sinal definitivo que o estúdio de animação da Disney finalmente conseguiu se encontrar depois de anos de altos e baixos. A resposta foi positiva tanto nas críticas quanto nas bilheterias, onde o filme até conquistou uma marca importante: com $49.1 milhões arrecadados nos E.U.A, Detona Ralph é agora a animação com a melhor abertura da história da Disney (deixando a Pixar de fora da conversa, claro), título que antes pertencia a O Galinho Chicken Little. O filme ainda ficou no topo do ranking do fim de semana, faturando quase o dobro do segundo colocado, e conseguiu mais $12 milhões nos outros (poucos) países em que já estreou.                                                                                  Faturou ao todo, 60 milhões na sua semana de estreia, 12 milhões a menos que Enrolados. 

As coisas devem continuar bem nas próximas semanas, já que Detona Ralph está quase sem concorrência no gênero dos filmes para família e tem recebido muitos elogios. A animação agradou 85% dos críticos no Rotten Tomatoes, incluindo Betsy Sharkey, do Los Angeles Times, que diz que “a sensibilidade subversiva e o clima antigo/moderno do filme são um acerto total” e que “apesar do visual impressionante, o grande trunfo do filme é a sua humanidade”.

Justin Lowe, do Hollywood Reporter, identificou um DNA pixariano “no nível de detalhe derramado sobre a vasta gama de personagens peculiares e praticamente todos os cenários” e ficou feliz por “os sentimentos mais açucarados serem geralmente postos em segundo plano em favor do desenvolvimento genuíno dos personagens e da empolgante ação digitalmente realista em 3D”.

Mas Kyle Smith, do New York Post, acha que o açúcar do roteiro não foi tão bem dosado assim. “Apesar de um começo promissor, o filme não decola tão alto”, diz ele. “Ralph é engraçado e cativante, e a animação em 3D do filme é espetacular, mas o filme dá errado quando Ralph pula em outro jogo, “Corrida Doce”, um Oz Willy-Wonkizado que nos dá um monte de trocadilhos com doces – e uma heroína de sacarina, Vanellope von Schweetz. (…) A condição de Vanellope nos lembra de que somos todos especiais, e nada jamais pode ficar no nosso caminho: a Terra dos Doces vira a Terra dos Clichês.” Mesmo assim, Smith reconhece que “em meio a todas as batidas, palhaçadas e perseguições entediantes, há alguns brilhantes lampejos de inteligência”.

Nós brasileiros, vamos ter que esperar até Janeiro de 2013 para conferir Ralph nos cinemas :( 

Sinopse: Na trama da animação, Ralph (voz de John C. Reilly) é um vilão de um jogo de videogame que está disposto a provar que também pode ser um mocinho. Seu objetivo é ser tão adorado quanto seu adversário de jogo, Fix-It Felix (voz de Jack McBrayer). A oportunidade surge quando ele descobre um jogo em primeira pessoa comandado pela Sargento Calhoun (voz de Jane Lynch). Ralph invade o jogo cheio de boas intenções, mas acaba arruinando tudo ao libertar um inimigo mortal que põe em risco todos os outros games. Surge então a jovem encrenqueira Vanellope von Schweetz (voz de Sarah Silverman), para ensinar o verdadeiro significado de heroísmo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. Caramba! Então quer dizer que a Disney acertou nessa produção? O que é uma boa notícia não? Mal posso esperar pra assistir. *-*

    ResponderExcluir