blog desatualizado por tempo indeterminado; editora sem tempo para postar.

sexta-feira, 15 de março de 2013

Mickey Mouse em nova série de curtas animados

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

A partir de 28 de Junho de 2013, a Disney irá lançar dezenove curtas inéditos do camundongo mais famoso, os quais serão veiculados ao Disney Channel, ao site oficial e a outras plataformas. Cada animação terá uma cidade diferente como cenário, algumas das escolhidas são Nova York, Pequim, Veneza e Toquío.

A produção é da Walt Disney Animation Television, com direção de Paul Rudish, vencedor de dois prêmios Emmy® por “Star Wars: Guerras Clônicas”, e que trabalhou em “As Meninas Superpoderosas” e “O Laboratório de Dexter”.

 

Produzida em animação tradicional, a estética resgata o design de Mickey na década de 1930, e, ao mesmo tempo, adiciona toques contemporâneos, enquanto os cenários refletem as características das animações de 1950 a 1960, oferecendo um resultado final quase cartunesco.

No primeiro, “Croissant de Triomphe”, ambientado em Paris, Mickey precisa entregar uma fornada de croissants à cafeteria de Minnie, e terá, porém, que lutar com o tráfego e outros obstáculos parisienses.

Assista-o logo abaixo.



No próximo, “Yodelberg“, Mickey anseia para visitar Minnie em seu chalé na montanha, mas rapidamente percebe que a ameaça de avalanche faz da caminhada até a montanha mais difícil do que o habitual.

E em “Sem Serviço“, Mickey e Donald tentam almoçar em uma cabana na praia, mas, sem a menor cerimônia, são recusados por causa da clássica advertência “Sem camisa, sem sapatos, sem serviço”.

Personagens conhecidos, como Pato Donaldo, Margarida, Pluto e Pateta, têm presença garantida nas animações. O estúdio não divulgou informações dos próximos curtas, e ainda não informações a respeito de quando os mesmos serão exibidos no Brasil.


Fonte: DisneyMania



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. Não acredito que os curtas ficarão assim, com esse estilo retrô! Que felicidade; é sempre bom saber que apesar das tecnologias a Disney não esquece suas raízes.

    Abraços!

    ResponderExcluir