blog desatualizado por tempo indeterminado; editora sem tempo para postar.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Entrevista com Angela Lansbury

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...


Em comemoração ao lançamento de “A Bela e a Fera – 3D”, o portal The Huffington Post entrevistou Angela Lansbury, a dubladora original de Madame Samovar (Mrs. Potts, nos EUA) e, consequentemente, a intérprete da célebre canção “Beauty and the Beast”. A atriz e cantora também é bastante conhecida pelas suas participações nos musicais “Gypsy: A Musical Fable”, “Mame” e “Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet”, e nos filmes “À Meia-Luz” (1944), “O Retrato de Doryan Grey” (1945) e “Sob o Domínio do Mal” (1962). Além disso, Lansbury é igualmente famosa pela sua personagem Jessica Fletcher da série de sucesso, “Assassinato por Escrito” (1984-1996). Na Disney, ela também participou dos longas “Se Minha Cama Voasse” (1971) e “Fantasia 2000″ (1999), mais a “continuação” “O Natal Encantado da Bela e a Fera” (1997). Enfim confira esta interessante entrevista a seguir, na íntegra.


Huff Post: Você tinha alguma ideia de que “A Bela e a Fera” se tornaria um Clássico quando foi lançado pela primeira vez em 1991?

Angela Lansbury: Eu não tinha ideia alguma. Eu sabia que ia ser um enorme filme de animação, mas não tinha noção de como eles estavam desenvolvendo a história e acho que de fato superou as expectativas de todos.

Huff Post: Você cantou a música tema do filme, a qual me deixa em lágrimas toda a vez que eu a ouço, e tenho certeza que ela faz o mesmo com muitos fãs.

Angela Lansbury: Eu sei o que você quer dizer. Quando eu a ouvi pela primeira vez, ela era uma espécie de canção derock e eu lhes disse: ‘Esta é uma mensagem doce, mas isso realmente não é o meu estilo. Tem certeza de que quer que eu faça isso?’. Disseram-me então que era para interpretar a canção do jeito que eu imaginava, de modo que foi assim que eu fiz. Eu a cantei da mesma maneira que um pequeno bule de chá inglês iria interpretá-la. Eu realmente incorporo todo o personagem quando faço alguma coisa, seja um desenho animado ou um filme com atores reais.

Huff Post: Você recebe pais que se dirigem a você para apresentá-la aos seus filhos?

Angela Lansbury: Oh, muitas vezes. Curiosamente, as crianças reconhecem a minha voz. Elas me ouvem e dizem:‘Mãe, é a Mrs. Potts!’. É o timbre da minha voz que elas conseguem captar.

Angela Lansbury interpretando ao vivo a música “Beauty and the Beast”:


Huff Post: Você está com 86 anos. Possui planos para se aposentar?

Angela Lansbury: Realmente não. Não acho que seja uma boa ideia eu me aposentar. Acho que se você se pertuba com isso, o que é seu destino, então deve seguir em frente desde que sinta que está dedicando 100% ao seu trabalho. No instante que pensar estar fazendo menos, você deve parar. Estou envolvida com a American Theater Wing e várias outras organizações que ajudam os jovens a iniciar sua carreira como atores. Há muito o que fazer sem realmente entrar no palco. Teatro é bastante exigente, fisicamente, e requer uma boa memória e essas são coisas que ficam mais difíceis de se manter sob controle à medida que você fica mais velho.

Huff Post: Minha mãe morre de medo de perder a sua memória.

Angela Lansbury: Este é um medo que todos nós temos. Fazemos todo o possível para impedi-lo e ocultá-lo (risos). A principal coisa é manter a sua mente a mais ativa possível, e estar envolvido com o máximo que puder em relação a tudo que está acontecendo. Alguns de nós continuam abrindo portas e tentando deixar boas coisas dentro delas.

                                                              Angela Lansbury

Huff Post: Você possui todos os tipos de fãs para protegê-la: crianças, homossexuais, pessoas mais velhas. Todo mundo ama você.

Angela Lansbury: Bem, não é maravilhoso? É realmente isso e não pretendo desanimá-los. Eu levo isso muito a sério, pois sei que muitas coisas são importantes para as pessoas. Sei como mulheres de uma certa idade são encorajadas e ajudadas por assistir “Assassinato por Escrito” até hoje. Eu até recebo adolescentes que cresceram assistindo a série e que se dirigem a mim dizendo: ‘Você é Jessica Fletcher!’.

Huff Post: Todos nós amamos você.

Angela Lansbury: Oh, isso é adorável. Não sou eu uma sortuda?!

Fonte: DisneyMania


A Bela e a Fera em 3D estreia nos cinemas brasileiros em 03 de Fevereiro, mais nos Estados Unidos, o filme já estreou ficando em 2º lugar nas bilheterias americanas tendo arrecadado 22.2 milhões em solo americano! Uma excelente bilheteria para um relançamento deste tipo que mostra a força dos clássicos Disney, que não importa quanto tempo tenho sido lançados, eles ainda consegue encantar a ''velhas'' crianças, e está nova geração.

A postagem abaixo, conta a história da produção deste eterno clássico! Confira, e não esqueça de comentar :D
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. Uma das melhores produções dos Estúdios Disney. Tão comovente; não envelhece nunca!

    ResponderExcluir