blog desatualizado por tempo indeterminado; editora sem tempo para postar.

domingo, 20 de novembro de 2011

Joe Grant - Um Criador Nato

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Joe Grant foi um artista que escreveu histórias para a Disney, além de criar alguns de seus personagens mais memoráveis como a Rainha Má de Branca de Neve e os Sete Anões.
Joe nasceu em Nova York em 15 de maio de 1908. Ele era filho de um bem sucedido editor de um jornal gráfico, e foi educado na redação do pai.
Seu primeiro trabalho profissional veio quando foi contratado como ilustrador da ''The Record Los Angeles'', onde Joe fazia ilustrações e caricaturas semanalmente das celebridades de Hollywood.
O seu trabalho impressionou Walt Disney que o contratou para fazer as caricaturas do ''Micke's Gala Premiere'' em 1933.
Um dia Walt Disney o convidou para trabalhar em seu estúdio; E rapidamente Joe Grant se tornou um dos principais escritores da Disney.

 (Joe Grant com Walt Disney)

Joe Grant co-escreveu Dumbo, além de liderar o desenvolvimento dos personagens em Pinóquio e Fantasia. Ele também fundou o Departamento de Caracteres de Modelo, onde o visual dos personagens era concebido e a historia desenvolvida. Como chefe do desenvolvimento, nenhum modelo de personagens era considerado oficial até ter o selo: ''ok, J.G''

Junto com o seu companheiro de escrita, Dick Huemer, Joe acompanhou Walt e Leopold Stokowski, em um retiro para selecionar as músicas para Fantasia, e mas tarde, fazer o desenvolvimento da história.
Durante a Segunda Guerra Mundial, Joe Grant contribuiu para vários animados patrióticos, incluindo o vencedor do Oscar ''Der Furher Face''. Além de ser creditado por Alice no País das Maravilhas, Olá Amigos e Música Maestro. E como eu disse no post sobre ''A Dama e o Vagabundo'', Lady foi inspirada em sua cadela cocker spaniel do mesmo nome, além de parte da história do filme ser baseada em seus storyboards, que tinham sidos arquivados por Walt Disney.


Joe saiu da Disney em 1949 para abrir seu próprio empreendimento artístico, e  retornou ao estúdio 40 anos depois, em 1989, quando recebeu uma ligação inusitada de um animador, perguntando se ele não queria ser o consultor artístico de A Bela e a Fera.

Deste então, filmes da Disney como Aladdin, O Rei Leão e Mulan, se beneficiaram do talento e bom humor de Joe Grant. 
O então presidente da Walt Disney Feature Animation, Thomas Schumacher, disse sobre Joe Grant: ''Joe não e só um dos artistas mais prolíferos da animação, mas ele também está sempre pronto a nos mostrar uma nova ideia, que eu sempre tenho uma boa avaliação. Eu dependo dele para tudo que é charmoso, atraente e divertido.''




Joe Grant contribuiu para o desenvolvimento do caráter e visual dos personagens de Pocahontas, O Corcunda de Notre Dame, Hércules e Fantasia 2000. 
Nove dias antes de completar 97 anos, em 6 de Maio de 2005, Joe Grant morreu de ataque cardíaco, com a sua prancheta de desenhos nas mãos, enquanto trabalhava nos estúdios da Disney.
O seu último projeto foi ''Lorenzo'',  o qual ele concebeu a ideia e ajudou nos storyboards. O curta recebeu uma indicação ao Oscar.


As melhores fases da Disney: A Era de Ouro e Disney Renascença, tiveram a presença de Joe Grant, um  grande artista que morreu fazendo o que mais amava: criando.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. nhaa que show o postee!! amei!
    http://enodiadebk.blogspot.com/

    ResponderExcluir